São Luiz

Foto da inauguração do Café São Luiz em 1953

Cidades
Compartilhe:

O Café São Luiz existia na cidade desde 1953. Achamos uma dissertação de mestrado da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), de autoria de Augusto Bernardino de Medeiros, que fala sobre a cafeteria mais importante do Grande Ponto.

O Café inicialmente era ponto de degustação dos produtos São Luiz. Era como se o São Braz montasse um espaço no Centro de Natal para divulgar os seus produtos.

A marca de café era uma empresa genuinamente potiguar. Por favor, ele não pertence à marca dos biscoitos São Luiz, que a Nestle adquiriu.

A inauguração contou com a presença de monsenhor João da Matta Paiva. Ainda teve a presença do proprietário da empresa Luiz Eugênio Ferreira Veiga Filho e milhares de pessoas se amontoaram para brechar. Hábito que nunca mudou, não é mesmo?

A maioria dos clientes era de pessoas da elite de Natal, onde conversavam os mais diversos assuntos possíveis. Assim, aos pouquinhos, virou um ponto de referência em Natal.

Mais sobre o Café São Luiz

Apesar da decadência, até o fim o café tinha um público fiel, que além de degustar os quitutes e o delicioso café, é um ponto de encontro de velhos e grandes amigos. O lugar também se firmou no tempo como ponto de encontro para intelectuais, artistas, políticos e jornalistas.

Foi fundado, portanto, para servir de ponto de degustação ao café da marca São Luiz, que não existe mais. Inicialmente ficava na esquina entre a Rua João Pessoa com a Princesa Isabel, porém fincou na Princesa Isabel desde o fim da década de 1960.

Após passar por diversas mudanças, a última administração do Café foi 2014, sob a nova administração dos sócios e cunhados Paulo Roberto de França e João Antônio da Cruz Neto. Entretanto, fechou as portas de vez em 2017.

Brechando conseguiu visitar o Café São Luiz, que pode ser lida aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *