Orquestra da UFRN

Orquestra da UFRN toca Beatles e reflete pós-pandemia

Cidades
Compartilhe:

Beatles é uma banda inglesa que trilha a vida dos jovens até hoje. Paul McCartney, por exemplo, ainda é um exemplo para a humanidade. Além disso, o rock pode se unir a música erudita. Esta é, portanto, a proposta da Orquestra Filarmônica da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e Banda Mad Dogs.

A banda de rock ficou famosa na cidade por tocar clássicos do rock nacional e internacional. Mas, eles mostram versatilidade ao participar de uma série junto com a Filarmônica UFRN. O objetivo é discutir o pós-pandemia (pode estar perto ou não) ao som de Beatles. Vale lembrar que em dezembro completa 40 anos da morte do beatle John Lennon, uma vez que era famoso por ser um pacificador e contra as desigualdades sociais.

O vídeo é uma ação da Escola de Música da UFRN (EMUFRN), intitulada de “Delírios da Pandemia”, para oferecer conteúdo musical e virtual à população, como alternativa cultural no contexto do isolamento social da pandemia do novo coronavírus.

Vídeo ganhou repercussão nacional

O primeiro vídeo da série Delírios da Pandemia, ganhou repercussão pública sendo, inclusive, compartilhado pelo jornalista Cid Moreira nas redes sociais. Com o sucesso do primeiro vídeo, que contou com a participação do Coral Infantil da UFRN, a orquestra da UFRN se uniu agora aos músicos da banda Mad Dogs.

Juntos, eles tinham o objetivo de levar uma reflexão sobre o “novo normal” por meio da música, visto que a pandemia virou o mundo de cabeça para baixo.

Narrado pelo ator César Ferrario, o vídeo inicia com o texto de Tiago Xavier que faz refletir sobre a “nova” realidade que vivemos com a covid-19, fazendo pensar sobre os “delírios da pandemia”. Em seguida, a Filarmônica UFRN e o Mad Dogs apresentam a canção The fool on the hill dos Beatles, que está no disco “Magical Mistery Tour” oferecendo a arte como alívio ao nosso “novo normal”.

Veja, portanto, a seguir:

Sobre a Filarmônica da UFRN

Nascida como Orquestra Sinfônica da UFRN, em 2009, o grupo mudou o seu nome para Filarmônica UFRN em 2019. A regência é do maestro André Muniz. Tem como componentes por alunos da UF, oriundos dos cursos técnico, além licenciatura e bacharelado em Música. Também conta com estudantes da Pós-Graduação em Práticas Interpretativas de Músicas do Séc. XX e XXI. Entre as principais apresentações estão uma turnê na Alemanha e a apresentação ao papa Francisco, no Vaticano.

Sobre a banda Mad Dogs

A banda Mad Dogs tem mais de duas décadas de existência, misturando ritmos brasileiros com o blues e o rock. Além disso, a banda tem premiações como o Prêmio Hangar de Música, além de ter participado do Oi Blues by Night, quando acompanhou artistas como Dominic Nichillo (USA – ex-Santana e Buddy Guy, entre outros), Kenny Bronw (USA), Danny Vincent (Argentina) e Nuno Mindelis (considerado um dos melhores guitarristas nesse estilo), além de ter aberto shows de Phill Guy (USA) e Peter Mad Cat (USA).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.