Bike Hofmann

Um halloween sobre as duas rodas

Curiosidades
Compartilhe:

O ciclismo está aumentando na cidade. Alguns praticam por esporte, usam aquela roupa especial e fazem passeios a noite ou de dia. Conhecidos sob a alcunha de Lado A, uma vez que é considerado elitista. Ainda tem o Lado B, a turma alternativa, que usa a magrela para transporte, esporte, trilha e tudo que vier na teia.  Assim, surgiu o grupo Bike Hofmann, que reuniu jovens da cidade para unir esses ciclistas do underground.

Esses encontros são os mais variados possíveis e o último foi um Halloween. Sim, no dia 31 de outubro, o Dia das Bruxas ou Saci, eles se reuniram para pedalar. E, claro, vestido com os personagens aterrorizantes.

Tinha fantasma, músico de Black Metal, Jason, pessoas ensanguentadas e dentre outros clássicos. E o Brechando encontrou com essa rapaziada no Big Peter, onde eles se concentraram por lá e andaram por toda Natal assim.  Caio Costa é um dos membros pensantes deste evento do Bike Hofmann.

“Foi uma alternativa saudável para poder se reunir e fazer aquilo que gosta: pedalar. Nós nos identificamos bastante e gostamos de sair para tomar uma cerveja, sair com os amigos, trocar ideias não conservadoras e sempre acompanhados da nossa bike. Este é o nosso primeiro rolê. Vamos tocar o terror (sinaliza as aspas)”, disse.

E a sua fantasia? Ele prontamente explicou: “Eu estava no intuito de vir fantasiado de Jason, mas também joguei uma maquiagem escura e estou aqui.”.

O trajeto

De acordo com Caio, ele procurou criar um trajeto que fosse simples e curto, porém agradável tanto para os iniciantes quanto para aqueles que estão há algum tempo nas duas rodas. “A gente vai parar em alguns lugares, como o campus da UFRN, para fazer umas dinâmicas e trocar umas ideias para desparecer. Vai ser massa”, disse.

O Vinicíus Cruz, outro membro do Bike Hofmann, que já foi entrevistado por aqui ao falar sobre o pesadelo de estudar em colégio militar, veio ao evento usando camiseta de metal extremo e pintura.

“Eu queria vir, gosto de andar de bicicleta e sair com os amigos para fazer isso. Mas não planejei fazer fantasia e essas coisas. Aí tentei fazer um corpse paint e peguei esta calçada de banda. Como é aquelas que abre a perna se transforma em bermuda, eu deixei apenas a perna direita com o lado bermuda para melhor conduzir”, comentou.

Tem mulher no pedal do Bike Hofmann sim!

Mas, você pensa que é só um bando de macho pedalando? Achou errado e Yasmin Ávila é iniciante nos pedais, mas já está andando com a galera com a sua bicicleta, que adquiriu há uma semana.

“Honestamente, não botava fé em comemorar o Halloween, muito menos andando de bicicleta. Tudo começou quando meu namorado faz parte do grupo e me chamou para festa. Eu vim aqui praticamente na doida (risos)”, comentou.

Ao desligar o gravador, a turma rapidamente começou sair aos poucos da concentração para sentir o calor da rua.

Fim de festa foi no antigo Castelo Pub

Após rodar por toda Natal, os ciclistas do lado B comemoraram a noite de Halloween no Castelo do Mestre Zaia, que fica em frente ao Frasquerão. Confira as fotos de Maiakovski Pinheiro, portanto a seguir:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *