Jéssica

Jéssica mora nas ruas de SP e precisa de ajuda

Jéssica é uma mulher transexual natural de Natal e atualmente está andando nas ruas de São Paulo. Para a equipe do Projeto Existimos, que ajuda mulheres e homens trans em situação de rua, ela conta como está sendo difícil a sua vida, visto que está passando em diversas situações de risco.

Em quatro minutos, Jéssica conta a história da Luana, sua amiga, que faleceu após ter sido apedrejada. Com medo, Jéssica cortou os cabelos e fugiu da capital do Rio Grande do Norte, sob a justificativa de “para que pudesse esconder a sua identidade”.   

De acordo com a Jéssica, ela estava trabalhando como cabeleireira e por conta do fechamento do salão por causa da quarentena. Como consequência, ela não tinha dinheiro para pagar o aluguel e assim resolveu morar na rua. 

“O meu dom sempre foi trabalhar em salão de beleza”, afirmou. 

O caso de Luana nunca foi investigado pela Polícia Civil do RN. “Bati de frente com o delegado. Faz um ano (que ela morreu) e o laudo da investigação ainda não saiu.”. 

Veja o vídeo completo, que tem mais de um milhão de visualizações, a seguir:

https://www.instagram.com/tv/CBxjMTMnj5U/?igshid=ha1pfzcolnzv

Após a repercussão do primeiro vídeo, a equipe do Projeto Existimos reencontrou com Jéssica e agradeceu o apoio. “Obrigada por está mobilizando não só por mim, mas também por todas as pessoas”. 

Veja:

https://www.instagram.com/p/CB1SBYHHsKU/

Para ajudar Jéssica e outras trans, você pode clicar neste link.

Micos jornalísticos que paguei em vídeo

Esse post é dedicado para aqueles que fazem jornalismo ou são jornalistas. Estou divulgando meu curso de jornalismo no Brechando há algum tempo e o projeto é uma parceria com o site Demonstre, desenvolvido por Felipo Belini. Pensei como estimular o jornalista, aí fiz um vídeo para relembrar os momentos divertidos.

Então, para estimular os jornalistas e fazer com que eles se identifiquem com as dores e as delícias do trabalho, resolvi falar de alguns micos jornalísticos. Você já pagou algum mico jornalístico ?

Esse post também serve para outros profissionais de comunicação social. Em vídeo falo desses micos, veja a seguir:

Curso de Webjornalismo

objetivo ensina a montar do zero uma plataforma digital. Além disso, ensina a divulgar as suas notícias e reportagens através de um blog, canal do You Tube e também através das redes sociais ou no podcast.

A intenção é que a medida que vai estudando, mais ideias surgem para criar novas ferramentas jornalísticas na internet.

A ideia do projeto é uma parceria do Brechando com o site Demonstre, portal desenvolvido pelos professores Felipo Bellini e Maryane Souza, que tem um vasto conteúdo voltado para a educação não só aos professores mas também aos alunos.

O valor do investimento

A aula é dividida em seis módulos, onde contamos um pouco a história do webjornalismo no Brasil e no mundo até chegar as aulas práticas, as diferenças entre reportagem e entrevista, ensinando a fazer um blog, criar uma conta do Google, personalizar o seu site e dentre outras técnicas. Após dizer todas as qualidades do curso, bora, aprender algo novo?

O curso tem como investimento de 127 reais e aceitamos todas as formas de pagamento e boleto bancário, além de parcelar em 12x. As aulas estão disponíveis 24 horas por dia e você pode ver quantas vezes quiser.

Como praticar o curso?

Brechando montou uma página mostrando todos os detalhes do curso, mostrando as vantagens e, finalmente, adquirir as aulas. Como? Clicando neste link.