Capitania das Artes vai exibir o primeiro episódio da segunda temporada de Septo

Como falamos anteriormente, Septo vai estrear no dia 25 de maio . Mas, não contamos que a Fundação Capitania das Artes (Funcarte) vai ser o espaço para a festa de lançamento aqui em Natal.  O Coletivo Caboré Audiovisual vai promover uma grande festa para exibir, com exclusividade, o primeiro episódio da segunda temporada da websérie Septo. Porém, o lançamento nacional acontece no dia 27 de maio no canal do Brasileiríssimos no YouTube.

Finalmente os fãs da primeira websérie genuinamente potiguar vão poder conferir o desenrolar da história da triatleta Jéssica e da surfista Lua, além de conhecer novos personagens.  A segunda temporada de Septo foi viabilizada pelo edital do Rumos Itaú Cultural, além de receber o apoio de patrocinadores diretos e indiretos. As gravações aconteceram em Natal no mês de janeiro de 2019.

Vale lembrar que Septo já foi premiada como melhor série pelo júri popular do Buenos Aires Webfest, melhor elenco no Rio Webfest, melhor direção no SP Webfest, além de ter passado por festivais na Alemanha, Estados Unidos e Coréia.

O evento vai contar com a presença da equipe e do elenco, além das atrações Majó Leyzi, Vitoria Real e Babi Baracho, Pajuxfrank e Luana Tayze.

Serviço
Festa de lançamento da segunda temporada de Septo
Quando: 25/05 – Sábado
Onde: Funcarte
Horário: 16h
Entrada Gratuita

Essa semana pode discutir ciência na mesa de bar

A Ciência resiste, embora todos os problemas, e um exemplo disso é que ela pode ser discutida em uma mesa de bar. Um evento, no entanto, vem trabalhando a cada ano para estreitar essa relação da sociedade com a pesquisa científica. Considerado o maior festival de divulgação científica do mundo, o Pint Of Science, pelo terceiro ano consecutivo, tem em Natal uma de suas sedes no Brasil. Os encontros acontecem nos dias 20, 21 e 22 de maio, sempre a partir das 19h, e ocorrem em outros 24 países na mesma data.

Em Natal, que existe desde 2017,  acontece em três bares simultaneamente, que são: Choperia Petrópolis, Bar 54 e Mormaço Bar.

O Pint Of Science consiste em levar palestras sobre temas relevantes para a sociedade a bares da cidade, discutindo a ciência de forma descontraída, sem jargões, mas mantendo a credibilidade das pesquisas. Com isso, o evento tem o objetivo de promover a conversa direta dos cientistas com as demais pessoas, sem barreiras ou intermediários.

Serviu como inspiração para a criação do festival a experiência dos pesquisadores Michael Motskin e Praveen Paul, do Imperial College London, na Inglaterra. Eles abriram as portas de seus laboratórios e realizaram o Encontro com pesquisadores, em 2012. Na ocasião, foram convidadas pessoas diagnosticadas com Alzheimer, Parkinson, doenças neuromusculares e esclerose múltipla e elas puderam conhecer de perto as pesquisas ali realizadas.

Este ano a organização fica por conta das professoras Janine Rossato, do Departamento de Fisiologia (DFS), Mahayana Godoy, do Departamento de Letras (LET), e Marjory Costa-Abreu, do Departamento de Informática e Matemática Aplicada (DIMap), além das pesquisadoras do Instituto do Cérebro (ICe) Andressa Radiske e Carolina González, todas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Seguindo a tradição do festival, um time de cientistas das mais diversas áreas vai apresentar palestras em três bares da cidade. O saber é compartilhado e debatido em um ambiente de interação livre e com uma informalidade convidativa ao grande público, sendo acessível a todos que, como diz o slogan do evento, têm sede de ciência.

Além de proporcionar a interação da academia com a sociedade, o Pint Of Science põe as áreas do conhecimento em diálogo. A programação é plural e aborda temas como inteligência artificial, linguagem, medicina, mudanças climáticas, meio ambiente, atividades econômicas alternativas, demografia, preservação da memória (museus) e psicobiologia, mostrando como a ciência faz parte da vida prática e tem influência direta no dia-a-dia. As palestras estão distribuídas em três locais diferentes que podem ser conferidos aqui.

Outro aspecto que se deve destacar acerca desta edição do evento é a participação feminina. Das 27 palestras previstas na programação, 19 são proferidas por mulheres. De acordo com Janine, esse é um reflexo do que apontam os dados sobre pesquisas acadêmicas brasileiras. Gratuito, o evento apresenta como novidade, em função do sucesso das edições anteriores, a adição de um terceiro local para a realização das palestras, espalhando ainda mais as opções de participação, que podem ser conferidas na programação completa.