Plutão Já Foi Planeta grava clipe em Serra de São Bento em parceria com Som Sem Plugs

A partir desta terça-feira (12), a banda Plutão Já Foi Planeta vai lançar um clipe em parceria feita ao site Som Sem Plugs, conhecido por gravar perfomances e clipes para os artistas da terra. Dessa vez, eles foram para Pousada Pedra Grande, localizada entre os municípios de Serra de São Bento e Monte das Gameleiras. O Brechando já visitou a pousada que lembra um pouco cenário de filmes da Terra Média, confira a matéria aqui.

Com a escolha do local, a canção “Estrondo”, que já teve um clipe lançado no ano passado e com a participação da atriz Olívia Torres.  O primeiro vídeo pode ser visto a seguir:

“[A música] ganhou novas cores, formas e uma fotografia de “encher os olhos” ao lado do talento – já reconhecido nacionalmente, dos componentes da banda. O grupo já contabiliza outra passagem pelo projeto no ano de 2016”, disse o site Som Sem Plugs por meio de um release via assessoria de imprensa.

Para quem não sabe é um portal intermídia de produção e exibição de conteúdo original contemplativo da cultura e do entretenimento do RN, reservou um presente especial para os amantes da música potiguar. A produção audiovisual será lançada no Youtube e redes sociais do site, sendo acessível a todo público de forma gratuita e fácil de propagar, com a finalidade de levar a música potiguar aos quatros cantos do país. Marque a data na agenda e confira mais um trabalho do Som Sem Plugs!

A temporada 2018/2019 tem o patrocínio da Cosern e Instituto Neoenergia, através da Fundação José Augusto – FJA e a Lei Câmara Cascudo de Incentivo à Cultura do Governo do Estado do Rio Grande do Norte.

Plutão Já Foi Planeta surgiu em setembro de 2013 em Natal e é uma banda de Pop/Rock. Atualmente é formada por Natália Noronha – voz, violão, baixo e synth; Sapulha Campos – voz, guitarra e ukulele; Gustavo Arruda – voz, guitarra e baixo; Vitória de Santi – baixo e synth e Renato Léllis – bateria. Suas influências são embasadas em bandas como Os Mutantes, Los Hermanos, John Frusciante e Little Joy e grupos do Indie Pop britânico atual, como Bombay Bicycle Clube e Little Comets.

Em 2014, a banda gravou seu disco de estreia com sete músicas próprias, incluindo o single “Daqui Pra Lá”, que também intitula o álbum. Ainda em 2014, foi consagrada a Revelação Musical do RN pelo Prêmio Hangar de Música.

Em Julho de 2015, realizou sua primeira turnê no estado de São Paulo com shows na capital paulista, Santo André e São José dos Campos. Já no primeiro semestre de 2016, a banda participou do reality show Superstar da Rede Globo e conquistou o segundo lugar do programa.

O segundo álbum do grupo é chamado “A Última Palavra Feche a Porta” e foi lançado em março de 2017 em parceria como selo Slap da Som Livre. O disco possui 10 faixas, foi produzido por Gustavo Ruiz e conta com a participação de Maria Gadú e Liniker, nomes importantes da nova MPB. Acumula também no currículo participação em importantes festivais de música e passagens por vários estados brasileiros.

Neurociência do Rio Grande do Norte interiorizando

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) está realizando ações para encurtar o conhecimento da neurociências com a comunidade. Nos próximos dias 14 e 15 de março, pesquisadores, professores e técnicos do Instituto do Cerébro (ICe) irão percorrer 245 km para levar conhecimento a toda uma cidade. Por meio de uma parceria com a prefeitura, o município de São José do Seridó receberá a 8ª edição da Semana do Cérebro, iniciativa que acontece em todo o mundo durante os meses de março.

Esta atividade começa em Natal, nos dias 11 e 12, com um ciclo de palestras sobre Ciência, Tecnologia e Informação (CTI) promovido no auditório B205 do Instituto Metrópole Digital (IMD).

Para você ler:

No dia 13, oficinas de neurociências serão levadas ao Memorial da Capoeira, no bairro Cidade Nova. Escolas, grupos assistidos pelo município e sociedade participarão do momento de interação com o conhecimento científico.

A Semana se encerra justamente nos dias 14 e 15 com programação em São José do Seridó. Na noite do primeiro dia, o neurocientista Bryan Souza realiza workshop para os professores do município e interessados em Educação e CTI com o tema Ciência, Política e Educação. A proposta busca demonstrar uma relação destes três temas no cotidiano dos que têm como missão a promoção do conhecimento e a mediação educacional.

No último dia, a Prefeitura vai mobilizar todas as escolas para que alunos e professores tenham acesso nas oficinas de neurociências que serão apresentadas no Ginásio Poliesportivo Pedro Laurentino de Medeiros.

Não é a primeira vez que o projeto percorre pelas cidades do interior do RN.  No primeiro ano a ação chegou ao município de Lagoa de Pedras, a 60 km da capital. No ano passado, a viagem foi para Serra Negra do Norte., onde 800 crianças e professores da rede pública – municipal e estadual – participaram das atividades que duraram um dia inteiro. Foi preciso organizar as oficinas em um ginásio poliesportivo para comportar tanta movimentação.

Durante estas interações, o público tem acesso a oficinas sobre Bioleletrogênese, Neuroanatomia, Memória, Sentidos, Realidade Virtual, Mão Mioelétrica, Drogas, Caixa Ótica, Emotive e Estimulação Elétrica Funcional, que integram parte das pesquisas desenvolvidas no ICe-UFRN.