Uma forma “carinhosa” de dizer que uma rua é contramão

Curiosidades
Compartilhe:

Uma das ruas que liga o bairro de Neopólis e moradores Parnamirim para zona Sul de Natal é a Rua Missionário Gunnar Vingren, que fica em Capim Macio. Na tarde desta sexta-feira (28), um morador contratou um pintor para que ele utilizasse o muro que fica em um terreno para desenhar uma placa de trânsito e mostrar que um dos cruzamentos da rua é contramão para quem quer ir à BR-101 e redondezas.  Alguém teve que pintar uma placa gigante de proibido à esquerda. Por quê? Vamos explicar.

De acordo com os moradores, a rua é dividida por poucos cruzamentos, porém um deles fica a Avenida dos Ipês. Esta avenida possui duas extremidades, no qual uma fica a marginal da BR-101 e a outra termina com uma bifurcação para três ruas.

1. Rua Missionário Gunnar Vingren (a citada no primeiro parágrafo)
2. Rua Dr. Alexander Flemming (na foto abaixo não consegue enxergar, mas fica “atrás” da casa com muro ladrilhado)
3. Rua Doutor Pedro Segundo de Araújo (na foto abaixo é a rua que fica em frente a casa do muro amarelo)

 

A avenida tem dupla mão até o cruzamento da Avenida Ayrton Senna. Depois, até a bifurcação, citada acima, só pode andar em uma mão. No entanto, alguns carros usam a Pedro Segundo de Araújo ou a Missionário Gunnar Vingren e entram na contramão para atravessar mais rápido à BR-101 ou para Ayrton Senna, sendo comum diversos acidentes de trânsito na região, mesmo tendo vários avisos dizendo que esta parte da Avenida dos Ipês seja proibida de atravessar.

Veja a foto a seguir:

É proibido ir em frente, mas vou passar mesmo assim

 

Então, alguém desenhou uma placa gigante no muro para mostrar que é contra-mão. Será que agora vai? A mensagem foi quase alguém dizer: “Entendeu ou quer que eu desenhe?”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.