Continuação de ‘Renascimento do Parto’ é exibido neste sábado em Natal

Cidades
Compartilhe:

Na manhã este sábado (21), a sequência do documentário importante na denúncia contra a violência obstetrícia será exibida em sessão única na capital potiguar, através do Cinépolis do Natal Shopping, na sala 3. Por uma hora e meia, o diretor Eduardo Chauvet vai contar novas histórias sobre pessoas que estão lutando por ter um parto digno e continua a elucidar os mitos e torno do parto normal e divulgar os cuidados para a realização dele, visto que o Brasil a maioria dos partos são feitos cirurgicamente e 98% dos hospitais privados, os bebê saem por meio da cesariana.

Enquanto a primeira edição se concentrou na cultura da cesárea (fácil de achar na internet), a segunda promete ser ainda mais densa, no qual retrata sobre o parto pélvico e gemelar (possível sim gêmeos saírem de parto normal).

O filme teve a sua estreia nacional no dia 10 de maio. Confira o trailer a seguir:

No ano passado, o Ministério da Saúde revelam que a cesária caiu 1,5 ponto percentual em 2015. Dos 3 milhões de partos feitos no Brasil no período, 55,5% foram cesáreas e 44,5%, partos normais. Os números mostram ainda que, considerando apenas partos realizados no Sistema Único de Saúde (SUS), o percentual de partos normais permanece maior – 59,8% contra 40,2% de cesarianas.

Essa diminuição só aconteceu por conta dos planos de assistência ao parto normal, que servirão de consulta para profissionais de saúde e gestantes, como a Rede Cegonha e investimentos em 15 centros de Parto Normal; a qualificação das maternidades de alto risco; a maior presença de enfermeiras obstétricas na cena do parto e a atuação da Agência Nacional de Saúde Suplementar junto às operadoras de planos de saúde.

Em 2016, o ministério publicou o Protocolo Clínico de Diretrizes Terapêuticas para Cesariana, com parâmetros que devem ser seguidos pelos serviços de saúde. A proposta é auxiliar e orientar profissionais da saúde a diminuir o número de cesarianas desnecessárias, já que o procedimento, quando não indicado corretamente, traz riscos como o aumento da probabilidade de surgimento de problemas respiratórios para o recém-nascido e grande risco de morte materna e infantil.

Os ingressos estão sendo vendidos online através deste link ou na bilheteria do cinema.

Além de “O Renascimento do Parto 2”, já está garantido o lançamento de “O Renascimento do Parto 3” nos cinemas, ainda este ano. A estreia está prevista para setembro de 2018, fechando assim a trilogia. A intenção é que todos sejam colocados disponíveis na plataforma Netflix futuramente.

Serviço – Exibição do Renascimento do Parto 2 em Natal
Onde? Cinépolis Natal Shopping.
Quando? 21/07 (sábado)
Hora? 12h40 da manhã.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.