Qual foi a melhor canção da Copa do Mundo? Temos o vencedor da enquete!

No dia 22 de junho, o Brechando colocou uma enquete para saber qual foi a melhor música criada para a Copa do Mundo. Então, resolvemos divulgar o resultado nesta quarta-feira (27), dia que o país vai disputar o último jogo da primeira fase contra a Sérvia, antigo país da Iugoslávia, que quando existia era considerada uma das melhores seleções do mundo. A vencedora foi a Waka, Waka, da Shakira.

“Waka Waka (This Time for Africa)” foi lançado em 7 de maio de 2010 e foi composto pela própria Shakira, que o comparou os jogadores de futebol com soldados prontos para o combate. Inicialmente,a canção inicialmente gerou controvérsia depois que numerosos sul-africanos expressaram desapontamento na decisão da Fifa de escolher Shakira para cantar a música, argumentando que um artista nativo deveria ter sido designado para o papel.

Ele obteve revisões geralmente favoráveis dos críticas, recebendo elogios pela sua produção.

Apesar das críticas, a canção alcançou o número um em listas singles de vários países, incluindo Áustria, Bélgica, França, Alemanha, Espanha, Itália e Suíça. Nos Estados Unidos, a música alcançou o número 38 no Billboard Hot 100 e foi posteriormente certificado pela Recording Industry Association of America (RIAA), pelas venda de mais de um milhão de unidades no país. As únicas certificações multi-platina similares alcançadas em outros países, incluindo uma certificação de platina de nove vezes na Suécia e seis vezes a certificação de platina na Espanha.

Além disso, vendeu 10 milhões de unidades em todo o mundo, tornando-se um dos singles mais vendidos de todos os tempos.

O videoclipe de “Waka Waka (This Time for Africa)” foi dirigido por Marcus Raboy e mostra Shakira e um grupo de dançarinos e crianças que dançam juntos. Possui imagens de vários futebolistas como Cristiano Ronaldo e Lionel Messi. Tornou-se popular no YouTube, recebendo 1,6 bilhões de visualizações até de novembro de 2017 e tornando-se o vídeo mais assistido de todos os tempos no site antes do Gangnam Style do Psy.

Confira os vencedores a seguir:

Universidades e banco Santander fornece intercâmbio de seis meses

O intercâmbio é muito importante para os estudantes que querem ter a oportunidade de conversar com estrangeiros e adquirir conhecimento das áreas ou novas sabedorias. Você sabia que tem chance no ano que vem viajar para 19 países e tudo financiado por uma bolsa? Essa é a proposta do Programa Bolsas Santander Mundi Universidades 2018, feito em parceria com a Secretaria de Relações Internacionais e Interinstitucionais (SRI) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Os selecionados serão encaminhados para cursar o período letivo 2019.1 em instituições de ensino estrangeiras, escolhidas entre as que participam do programa de bolsas e que mantêm acordo de cooperação com a UFRN. As universidades podem ser sediadas na Argentina, Chile, Colômbia, México, Peru, Porto Rico, Estados Unidos, Uruguai, Bélgica, França, Alemanha, Itália, Polônia, Portugal, Espanha, Inglaterra, China, Rússia e Singapura.

Ou seja, o estudo vai durar apenas no primeiro semestre.

Os interessados têm até 11 de julho para realizar pré-inscrição obrigatória neste link, ou por meio do aplicativo Santander Universitário. O mesmo prazo deve ser cumprido para envio à SRI dos documentos exigidos em edital, disponível aqui.

Neste momento, o projeto está com pré-inscrições abertas para estudantes de graduação e pós-graduação por até um semestre. A oportunidade oferece duas bolsas de estudos, destinadas a um aluno de graduação – presencial ou a distância – e a um aluno de pós-graduação matriculado em programa de mestrado ou doutorado da UFRN.

Você estuda em outra universidade e quer saber se o Santander tem convênio? Saiba mais no aplicativo, que está disponível tanto no App Store ou Google Play.