Manguezais e economia de Macau são temas de exposição

Macau, para muitos, é lembrada pelo carnaval. O município, no entanto, é uma das principais produtoras de sal marinho, está numa região produtora de sal marinho, petróleo e de pescados, sendo um dos maiores produtores nacionais de sardinha. Além disso, a cidade une uma variedade de vegetação, como a caatinga e também os manguezais. Na próxima quinta-feira (14), a Galeria Câmara Clara recebe a primeira exposição do fotografo João Oliveira. “Macau: sal e mangue” é um projeto que tem como objetivo principal documentar os diversos elementos sociais, as características culturais e as principais atividades econômicas que estruturam a cidade distante à 168 km de Natal.

A primeira exposição contará com 28 fotografias produzidas na primeira expedição fotográfica, realizada em 2015 e dedicada, principalmente, à documentar a relação das pessoas da região com as grandes faixas de mangue que cercam a cidade.

O espaço abre às 19h, e conta com uma programação cultural pensada para a noite de abertura. O músico Danúbio Gomes fará uma apresentação de flauta, os poetas Giovana Paiva, Alfredo Neves e João Vicente são os responsáveis por um sarau poético que tem como objetivo homenagear a poesia macauense e o grupo Coco Catimbozado irá puxar uma roda de coco para ninguém ficar parado.

Para quem curte uma alimentação mais consciente serão vendidas algumas comidas veganas preparadas na Galeria, além das tradicionais bebidas fermentadas Kombucha e Tepache. A entrada é gratuita e livre para qualquer público, é só chegar.

Mais novo espaço cultural de Natal, a Galeria Câmara Clara (Rua Missionário Joel Carlson, 1955 – Capim Macio) propõe intercâmbios entre diversas linguagens artísticas, incentivando práticas de convivência, trocas de conhecimentos e alimentação consciente.

Idealizado pelo produtor cultural Flávio Rodriguez e o fotógrafo Paulo Fuga, o espaço dispõe de duas salas de exposição, sendo uma permanente para o projeto Câmara Clara – Cartografia do Afeto.

A Galeria funciona de quinta a domingo, das 18h às 21h30, com entrada gratuita.

Serviço:
Exposição Macau: Sal e Mangue por João Oliveira
14 de dezembro | a partir das 19h até às 22h
Galeria Câmara Clara | Entrada Gratuita
Contato: 84 996 510 156 (Paulo Fuga) | galeriacamaraclara@gmail.com

Artistas se reúnem na Praça Gentil Ferreira para alertar sobre a prevenção do Alecrim

O centenário bairro do Alecrim é conhecido por ser extremamente comercial e recentemente está sendo alvo de um assunto polêmico, uma vez que a Prefeitura Municipal do Natal está fazendo um plano de reforma e dentre as mudanças está a demolição do Teatro Municipal Sandoval Wanderley para a construção de um shopping. Por isso, haverá nesta sexta-feira (15) o Juntêro na Praça, no qual artistas, produtores independentes, artesãos e quem mais vier, ocuparão a Praça Gentil Ferreira, também conhecida como a Praça do Relógio, para uma tarde festiva para a resistência de um bairro que vem sofrendo com o abandono de gestores públicos e artistas.

Dentre as atrações confirmadas estão:
Viramundo Potiguar
Flor de Caeté
Coco Catimbozado
Coco Juremado
Catumbi
Insurgências Poéticas
Exposição fotográfica de Catarina Santos
Exibição de documentário
Criação de documentário na praça
Feira de economia solidária
Debate: Salve o Alecrim!

O evento é colaborativo, no qual os visitantes podem doar o que quiser para ajudar com que tenha outras edições do evento.

De acordo com os portais locais, o shopping que ficará no lugar do teatro terá sete pavimentos e as obras devem começar no segundo semestre deste ano, com meta de entrega da edificação para o final de 2018. O novo centro comercial, que pertence ao Grupo 25 – empresa com atuação no comércio da capital paulista – será feito todo em estrutura metálica, climatizado e com um projeto valorizando os fundamentos da sustentabilidade.

Entre as lojas que farão parte deste novo empreendimento, algumas já estão confirmadas, como Hering, Taco, Sacolão, Ótica Diniz e a loja de departamentos Rio Center estarão no time do mall. Além de uma rede de Fast Food.

O Juntêro é um dos projetos Coco Juremado, Som na Rua, Insurgências poéticas e Viramundo, em parceria com gestores e simpatizantes do projeto.

Serviço – Juntêro Na Praça
Data: Sexta, 15 de dezembro
Horário: A partir das 17 horas
Praça Gentil Ferreira
Ingresso: evento colaborativo