Fotógrafo Paulo Fuga fará exposição de nus masculinos

Artistas Potiguares
Compartilhe:

Quando a gente pensa em nu masculino pensamos naquelas revistas da G Magazine com homens em ereção ou fazendo uma pose bem ridícula. Porém, os ensaios nus estão mudando de conceito e o fotógrafo Paulo Fuga quer mostrar que é possível mostrar a beleza dos corpos nus masculinos e conseguiu retratar isso através de fotografias para a exposição “Falo – de quando o corpo é mais que um pedaço”, que terá seu lançamento no dia 28 de julho.

Esta é a primeira das muitas atividades que serão realizadas na Galeria Câmara Clara, que nasce com o propósito de incentivar a produção artística da cidade. A galeria ficará na Rua Missionário Joel Carlson, no bairro de Capim Macio.

Além da exposição, o projeto Falo é composto por um Fanzine fotográfico, que estará disponível para o público na abertura da exposição, e um Workshop gratuito ministrado por Paulo Fuga (logo mais soltamos mais informações no evento).

O processo de criação das imagens presentes na exposição e no Fanzine “Falo” parte livremente dos textos do escritor Caio Fernando Abreu e caminha pelo lado sensível do universo masculino; dando continuidade a pesquisa fotográfica de Fuga, que tem ênfase no corpo humano e teve início no ano passado com a exposição de nu feminino “Flores do Mais – a poética do corpo no feminino”.

O projeto “FALO – ENSAIO, EXPOSIÇÃO E FANZINE” foi beneficiado pelo Fundo de Incentivo à Cultura 2015 da Prefeitura do Natal.

O principal objetivo é trazer o feminino na fotografia do nu masculino. Tentando fugir da dureza que sempre é retratada nas fotos de homens.

Paulo Fuga é formado em jornalismo, mas escolheu a fotografia como uma profissão. Começou fazendo fotos para alguns amigos e depois virou algo sério. O fascínio por corpos existiu desde sempre, principalmente com a curiosidade de saber o que as pessoas se escondem por trás das vestimentas, além de querer entender o porquê das pessoas ficarem com medo de estar sem roupa.

Ele já montou a exposição “Flores do Mais”, que unia fotografias de mulheres nuas.  Também é conhecido por fazer fotografias das peças dos artistas potiguares.

Serviço:
Abertura da Galeria Câmara Clara + Exposição Falo por Paulo Fuga
28 de julho | 20h
Galeria Câmara Clara (Rua Missionário Joel Carlson, 1955, Capim Macio)
Entrada Gratuita

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.