Potiguares ganharam prêmio internacional por criar madeira feita de sabugo de milho

Cidades
Compartilhe:

Na foto acima mostra os estudantes Marcelo Abraão Ramalho e Beatriz Dantas, naturais de Baraúnas, recebendo um prêmio na Feira Internacional de Ciência, organizado pela empresa Intel, a maior fabricante de circuitos integrados como microprocessadores. O evento aconteceu em Los Angeles, na Califórnia. Ambos são alunos da Escola Estadual João Abreu de Melo. O evento internacional aconteceu entre os dias 15 e 19 deste mês.

O projeto Madeco Sabugosa, orientado pela professora Priscilla Raquel Gurgel Rodrigues, inova com madeira ecológica feita com a reutilização do sabugo e da palha do milho.

De acordo com a assessoria da Secretaria de Educação do Rio Grande do Norte, a trajetória dos jovens de Baraúna até chegarem em Los Angeles durou um ano. Tudo começou com a Feira de Ciências da escola, na qual 10% dos projetos são selecionados para a etapa posterior. Em seguida, o projeto foi aprovado para a feira de ciências da Universidade Federal do Semi-Árido (Ufersa), no qual foram convocados para Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), onde estavam entre os melhores 300 projetos das escolas brasileiras.

Na Febrace, eles foram selecionados para Feira Internacional. A INTEL ISEF é a maior feira científica do mundo e, na mais recente edição, participaram alunos de 78 países. Foram mais de 1400 projetos de mais de 1700 estudantes.

O projeto desenvolvido, “Madeco Sabugosa”, é uma madeira ecológica oriunda principalmente da reutilização do sabugo e da palha do milho, onde está tem boa resistência, alta capacidade de impermeabilidade e viabilidade de produção. Desenvolvida com o objetivo de dar-se um destino aos resíduos provenientes do milho, visto que o Brasil é um dos grandes produtores de milho, e parte de sua produção é composta pelo sabugo e pela palha, que não apresentam um destino fixo, sendo muitas vezes queimados, servindo de pastagem ou descartados no campo de plantação. Para amenizar os problemas, tanto o desmatamento, quanto o acúmulo de ‘‘lixo vegetal’’ formados pelos resíduos do milho, desenvolvemos a Madeco Sabugosa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.