Natalense participa de curso promovido pela Broadway no Brasil

Artistas Potiguares Cidades Curiosidades
Compartilhe:

Apesar de ser bacharel em Direito, as artes cênicas para o goiano/natalense Eduardo Zayit (mora em Natal há sete anos) falou bem mais alto. Atualmente, ele é bolsista da Companhia Livre de Teatro Musical e foi um dos 60 selecionados para participar de uma semana de capacitação gratuita, com grandes nomes do teatro musical internacional, e da montagem de um espetáculo do Projeto Broadway Brasil, que acontecerá entre os dias 17 e 23 de abril, em Fortaleza (CE).

O projeto foi criado há quatro anos e tem parceria entre o cineasta e produtor Allan Deberton juntamente com o diretor André Gress. O projeto busca incentivar o crescimento profissional de artistas e estudantes das artes de todo o Brasil por meio de capacitação gratuita. Além disso, possui como objetivos específicos: Apresentar o gênero de Teatro Musical para os diversos profissionais e públicos; Promover intercâmbio cultural entre estudantes das artes e artistas nacionais/internacionais. Lá promove cursos de teatro, canto e dança.

Após a conclusão do curso, ele resolveu investir em seu sonho de infância: o teatro musical. Mesmo morando longe da capital berço desse gênero artístico, ele tem realizado diversas audições dentro e fora do estado. Entre tantos “nãos”, o resultado do Broadway Brasil foi uma ponta de esperança para continuar sua busca pela sua realização pessoal e artística.

“Eu sinto que finalmente estou num nível melhor que quando comecei. Mesmo sendo um projeto de incentivo a quem está iniciando, é a primeira seleção de teatro musical em que sou aprovado, então esse momento sempre vai ter muita importância pra mim”, comenta o estudante.

Sua paixão pelo teatro musical veio através da participação do projeto de extensão “Companhia Livre de Teatro Musical – CLTM”, que é dentro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), no qual se destacou e obteve o papel principal no espetáculo “Marvin: vale a pena acreditar?”, apresentado em 2016. “É uma satisfação ver que as sementes plantadas dentro da CLTM estão dando frutos e ajudando os alunos a conquistarem espaço no cenário do Teatro Musical”, diz a coordenadora do projeto de extensão Amélia Dias.

Eduardo tem ciência das dificuldades enfrentadas no meio artístico e do privilégio que teve ao ser selecionado, por isso espera voltar de Fortaleza com muito conhecimento e experiência artística para poder transmitir para os seus colegas e integrantes da Cia Livre.

Para ampliar a gama de profissionais de diferentes backgrounds e desenvolver um trabalho com intercâmbio cultural de conhecimento, o evento conta com a presença de renomados artistas do mercado de entretenimento.

Desde 2016, o projeto Broadway Brasil recebe a equipe Broadway Dreams Foundation. (BDF), trazendo toda sua expertise em treinamento de jovens artistas. Fundada há 10 anos nos Estados Unidos, a BDF é um programa de treinamento premium responsável por oferecer grandes oportunidades aos jovens artistas. Seu corpo docente é composto por grandes nomes da indústria do entretenimento – como diretores de elenco, coreógrafos e diretores – dedicados a desenvolver a comunidade artística e teatral. Atualmente, atua também no mercado internacional com workshops realizados no Canadá (2015), Rússia (2016) e Brasil (2016).

O que é a Broadway?

É uma avenida da cidade de Nova Iorque, famosa pelos seus teatros que exibem superproduções de musicais, que muitas vezes ficam em cartaz durante vários anos. São 40 teatros profissionais com 500 ou mais assentos localizados no distrito do Lincoln Center via da Broadway, no centro de Manhattan. A maioria dos espetáculos da Broadway são musicais, no qual um dos mais famosos são o Lion King, baseado no filme “O Rei Leão”, “O Fantasma da Ópera”, “The Wicked” e “King Kong”.

Sobre Allan Deberton

Allan Deberton é formado em Cinema na Universidade Federal Fluminense (UFF-RJ). “Doce de Coco” (CE, 2010), o primeiro filme da produtora, patrocinado pelo Banco do Nordeste e Governo do Estado do Ceará, participou de 60 festivais e mostras, representando o Ceará em 12 países, ganhou 25 prêmios e foi indicado ao Grande Prêmio de Cinema Brasileiro 2012, o Oscar do Brasil. Em sequencia, realizou o média “O Melhor Amigo” (CE, 2013), exibido até o momento em 40 festivais, incluindo o prestigiado OutFest Los Angeles (EUA), criado pelo Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood e apresentado pela HBO, Sony Pictures e NBC/Universal.

Em 2014, produziu o espetáculo carioca “Amor Confesso”, de Claudia Ventura e Alexandre Dantas, em 5 cidades do interior cearense. É produtora do longa-metragem “Do Outro Lado do Atlântico” (CE/Cabo Verde África, 2015), de Daniele Ellery e Márcio Câmara, que teve estreia no 37º Festival de Havana, em dezembro de 2015.

Produziu duas edições do “Festival Internacional de Cinema do Vale do Jaguaribe”, em Russas(CE), e realiza desde 2014 a produção de filmes do “For Rainbow Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual de Fortaleza”.

Na área de teatro, a produtora criou o “Projeto Broadway Brasil -Teatro Musical no Ceará”, realizado em Fortaleza em 2013 com patrocínio da Caixa Cultural Fortaleza. Em 2015, produziu o primeiro musical da Broadway em Fortaleza, “Avenida Q” (Avenue Q), patrocinado pelos Correios, Caixa Ecônomica Federal, e apoio da Globo Teatro. Em 2016, lançou  “Os Olhos de Arthur”, de Allan Deberton, exibido no 10th Brazilian Film Festival de Toronto.

No ano passado, a segunda edição do projeto, em parceria com a respeitada escolar americana Broadway Dreams Foundation (EUA), visando descobrir profissionais cearenses para teatro musical. Os próximos projetos de cinema são os longas-metragens “Pacarrete”, “O Melhor Amigo” e “Amor Confesso”, atualmente em fase de desenvolvimento. Em 2017, produz a série “Lana & Carol”, contemplada no PRODAV 9/15 e o espetáculo inédito “A Hora da Estrela – O Musical”, baseado no romance de Clarice Lispector.

Companhia Livre de Teatro Musical (CLTM)

A CLTM é um projeto de extensão desenvolvido desde 2012, na Escola de Música da UFRN, sob a coordenação da Professora Doutora Amélia Martins Dias Santa Rosa. A criação e a montagem de espetáculos musicais são as principais atividades do grupo, que se apresenta em diferentes espaços como escolas, teatros e eventos, representando a Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

O grupo é composto por alunos de diversos cursos da UFRN e, também, por interessados da comunidade externa. E trabalha com o processo colaborativo, no qual os integrantes participam ativamente da criação do enredo, das coreografias e dos arranjos musicais que compõem o espetáculo. Desde sua origem, a Companhia já apresentou ao público três musicais: o “Toda Forma de Amor” (2013/2014), resultado da criação coletiva do grupo; o “Bye Bye Natal” (2014), do compositor Danilo Guanais; e “Marvin – Vale a pena acreditar?!” (2015/2016), também de criação coletiva.

A CLTM já participou de eventos como a CIENTEC (Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura da UFRN); o Enalic (Encontro Nacional das Licenciaturas); e o Congresso Nacional da Associação Brasileira de Educação Musical (ABEM). E já passou por palcos como o do Centro de Convenções de Natal; os dos IFRNs Cidade Alta e de São Paulo do Potengi; dos Auditórios Onofre Lopes (EMUFRN) e Otto de Brito Guerra (Reitoria do Campus Central da UFRN); e do Teatro Lima Penante em João Pessoa – PB.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.