Como é estudar em um colégio militar

Curiosidades Lista
Compartilhe:

O Rio Grande do Norte não possui Colégio Militar e muitos tem curiosidades para saber como funciona uma escola deste porte. Em vários cantos do país existem instituições de ensinos custeadas pelo Exército, Aeronáutica, Marinha, Bombeiros e Polícia Militar.

Nós entrevistamos o estudante de biologia, Vinícius Cruz, no qual terminou o Ensino Médio em um colégio militar que fica em Brasília, chamado Colégio Militar Dom Pedro II, administrada pelo Corpo de Bombeiros do Distrito Federal. Comigo, ele ajudou listar 10 fatos sobre estudar:

1) O Colégio Militar, no Distrito Federal, é disputado a tapa, visto que uma mensalidade em um colégio privado pode custar, no mínimo, dois mil reais.

Turma do Vinicíus

2) Apesar de ser um colégio público, os pais pagam uma pequena parcela para arcar os custos da instituição de ensino.

3) Existem três tipos de uniformes: o diário, que parece uma roupinha de bombeiro, gala (que pode custar 200 reais e usado para desfiles. Na escola de Vinícius, o colégio emprestava) e o agasalho, usado para Educação Física.

Uniforme comum
Uniforme de gala

4) Sim, o colégio pode ser bem rígido, você precisa entrar na linha, pois o uniforme tem que estar impecável e pode receber punição se andar sem algum item.

via GIPHY

5) Os homens tem que andar de cabeça raspada e não pode usar algum acessório. As meninas devem estar de cabelo preso e brincos na altura do lóbulo.

Laços de Família: Camila raspa a cabeça

make funny GIFs like this at MakeaGif

6) Participar de desfiles não é obrigatório no colégio de Vinícius, mas ele resolveu participar de todas as atividades possíveis, incluindo a cerimônia da tocha olímpica nos Jogos do Rio 2016.

7) Sobre as notas, ele disse que a exigência realmente existe sim, mas você tem chance de recuperar as suas notas.

via GIPHY

8) As aulas de Educação Física são obrigatórias.

via GIPHY

9) Durante a cerimônia de formatura, os alunos treinaram no ano todo a marcha que fariam no evento.

10) Alguns colégios militares podem abrigar apenas meninos, meninas ou ambos. No caso do colégio citado de Brasilia, aceitava todos os gêneros.

Informações adicionais:

– Muitos professores da instituição de ensino são civis.
– Muitos bombeiros trabalham como monitores na instituição.
– Para entrar na escola precisa fazer um processo seletivo.

Sobre o Colégio Militar Dom Pedro II

O Colégio Militar Dom Pedro II foi criado em 1999 através da lei 2.393. O nome remete a uma homenagem ao Imperador Dom Pedro II, por ter sido ele o criador do Corpo de Bombeiros da corte, através do Decreto Imperial n.º 1.775, de 2 de julho de 1856, embrião do atual Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal do qual o Imperador é o Patrono.

Inicialmente, o colégio tinha a intenção de abrigar os estudantes que eram filhos de bombeiros, mas abriga a comunidade. A escola fornece desde a educação infantil até o ensino Médio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.