Utilidade Pública

Haverá prêmio para melhor marchinha de Carnaval e festa

Compartilhe:

“Mamãe eu quero mamar”, “O Meu Cabelo Não Nega” ou “Daqui não saio” são algumas marchinhas famosas no carnaval e escutamos elas diversas vezes nos quatro dias de folia. Mas, você conhece alguma marchinha feita no Rio Grande do Norte? Não? Sabia que você pode fazer uma e participar de uma premiação? O Brechando te explica!

Como uma forma de incentivar o carnaval da capital potiguar, o produtor cultural Marcelo Veni, o mesmo do Prêmio Hangar de Música, resolveu criar o prêmio Dosinho de Carnaval, no qual serão distribuídas premiações divididas em categorias para escolas de samba, blocos, orquestras de frevo e eventos (prévias ou não) . É praticamente um estandarte de ouro versão Natal.

O nome é uma homenagem ao compositor potiguar que faleceu em 2012.

Mas claro que teria uma coisa bem Dosinho: marchinhas carnavalescas. O regulamento será divulgado na próxima segunda-feira (6).  A intenção é incentivar a criação artística da cidade, que já teve um dos maiores carnavais do Brasil.

Como vai ser julgado? Ele terá um grupo de pessoas circulando nos lugares que acontecerão as festas em Natal (Rocas, Redinha, Ribeira e Ponta Negra). Essa equipe vai indicar, sugerir e apontar quem foram os destaques da folia de momo papa-jerimum.

A festa da premiação já está marcada e irá acontecer no dia 7 de março no auditório do SESC de Cidade Alta. Os vencedores receberão um troféu e é aberto ao público, no qual haverá um show em homenagem ao compositor potiguar e apresentação das marchinhas finalistas.

Dosinho neste ano completaria 90 anos.

Sobre o compositor

Nascido no município de Campo Grande (na época era Augusto Severo), no dia 24 de dezembro de 1927, Claudionor Batista de Oliveira começou a sua carreira fazendo composições para campanhas publicitárias e políticas. As marchinhas, frevos e sambas de Dosinho animam as festas há décadas. Continuou compondo canções até o fim de sua vida.

Além de marchinhas, ele foi o compositor do hino do ABC. Durante a sua carreira, ele compôs 168 músicas, gravadas por diversos artistas, incluindo Alceu Valença.

As músicas mais famosas dele eram: “Eu não vou, vão me levando”, “Doido também apanha”, “Carnaval com Bin Laden” e “Dólar na Cueca”.

Lara Paiva

Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *