Este livro foi encontrado numa calçada em Capim Macio

Indo para a casa da namorada no bairro de Capim Macio, mais precisamente na rua Neuza Farache, o programador e músico Thiago Abreu encontrou um livro de aparência antiga, encadernado à francesa, capa dura e todo escrito em japonês. “Ele estava num calçada em frente ao condomínio que minha namorada mora. O porteiro viu e resolveu pegar, achando que era um dos moradores”, afirmou o jovem.

O rapaz ficou perguntando para todos os moradores sobre conhecer quem pertencia o livro, mas a resposta era negativa. Então, o Thiago resolveu publicar nas redes sociais com a esperança de encontrar o dono.

Devido ao fato de ter participado de bandas especializadas em cantar desenhos japoneses (anime), Thiago logo percebeu que o livro estava escrito em japonês e falava sobre medicina. “Ele está todo grifado e cheio de anotações nas suas páginas”, ressaltou.

O mais interessante que o jovem achou foi que o livro tinha a assinatura de Yukitaka Matsunae, que morava em Natal no ano de 1975. Veja a imagem que Thiago nos cedeu a seguir:

img_0068

Pesquisando no Google o nome “Yukitaka Matsunae + Rio Grande do Norte”, o Brechando achou um processo de arrolamento de bens envolvendo a família de abril de 2009. Ou seja, o proprietário deste livro, provavelmente, se encontra falecido. O processo foi arquivado.

Entretanto, o Thiago quer devolver o livro para o dono. Até agora ninguém se pronunciou. Confira mais fotos do livro a seguir:

img_0067 img_0065

Uma das coisas que pesquisei foi descobrir que existe uma forte presença da família Matsunae nas terras potiguares.

No dia 7 de julho de 1956, o Rio Grande do Norte recebia os primeiros imigrantes que saíram de Kobe, no Japão após a Segunda Guerra Mundial. 10 famílias desembarcaram do navio ‘América Murv’ em Recife (PE) e vieram para o estado, encontrando no Vale do Pium – localidade situada entre os municípios de Parnamirim e Nísia Floresta – as terras amplas e férteis que almejavam para a agricultura familiar.

Dentre as famílias que embarcaram estavam os membros do Matsunae.

E agora, o que fazer com este livro?

Casal de Cosplay de Eustácio e Muriel já apareceram em Natal

Foto: Omelete

Todo mundo pirou quando viu esta foto acima do título: um casal de velhinhos fazendo cosplay de Eustácio e Muriel, do desenho “Coragem, o Cão Covarde”, clássico do canal Cartoon Network. Eles foram visto na Comic Con Experience em São Paulo nesta sexta-feira (2). Mas, sabia que eles já pisaram em Natal antes?

Cosplay é o ato em que as pessoas se fantasiam e interpretam personagens de desenhos animados, quadrinhos, séries ou jogos. Eles pisaram no Saga 2.0, que aconteceu em outubro deste ano, deixando a plateia bastante nostálgica. Veja as fotos dele na participação do Saga 2.0 a seguir:

Infelizmente, eles não ganharam a premiação do concurso cosplay. Mas não precisa, eles estão arrasando na popularidade na Comic Con. Veja esta postagem a seguir:

Quem são eles? Eles são um casal de Itabaiana, no Agreste paraibano, foi classificado entre 12 finalistas e vai representar a Paraíba no concurso de cosplay da Comic Con. O nome deles é Albani e Carlos Paiva, de 56 e 65 anos, respectivamente e têm chamado atenção em eventos de cultura pop do Nordeste.Eles ingressaram no universo dos cosplays apenas no começo deste ano por incentivo da filha de 21 anos.

Inicialmente, eles fizeram a fantasia só por diversão, mas depois eles começaram a levar a sério e participar das competições, chegando a vencer duas delas em menos de um ano.

A competição de cosplay acontece no último dia da convenção, que será neste domingo, 4 de dezembro.

Dalton/Hebe no maior estilo Ninfomaníaca

A série Dalton/Hebe fez mais uma ação publicitária nesta sexta-feira (2) no Facebook. Para apresentar o elenco, eles parodiaram o cartaz do filme “Ninfomaníaca”, de Lars Von Trier.

Confira as fotos da tiração de sarro a seguir:

Está com preguiça de clicar no Face? Colocaremos as fotos completas a seguir:

É protagonizada por Mateus Cardoso, que interpretou o irmão da personagem Lua em Septo (bastante sucesso entre natalenses e em outros estados brasileiros), e Quitéria Kelly, conhecida pelo espetáculo Jacy e outras peças do grupo Carmin. Além disso, a série conta com a participação de César Ferrario, ator, dramaturgo e um dos cabeças pensantes do Clowns de Shakespeare.

Já a produção fica por conta da Casa da Praia, uma produtora de conteúdo audiovisual inaugurada no veraneio de 2011.

Eles também publicaram um novo teaser. Confira:

Casa da Praia foi criada por Pedro Fiuza, Bruno Sarmento e Vítor Bezerra em Natal, este é o primeiro trabalho deles com websérie, que foi gravada em agosto, e já trabalharam com mercado artístico, institucional e publicitário.

O trabalho foi selecionado pelo Sebrae no edital de Economia Criativa. A ideia do edital é viabilizar o projeto cultural e, com recurso extra, levá-lo ao mercado.

Os episódios serão exibidos em breve no You Tube.