Prédios em Natal ficaram iluminados de verde em homenagem ao Chapecoense

Na noite desta quarta-feira (30), alguns monumentos localizados em Natal foram iluminados da cor verde em homenagem às vítimas do acidente de avião que causou a morte do time Chapecoense, no qual eles iriam viajar para Colômbia com o objetivo de participar do final da Copa Sul-Americana. O vencedor iria ganhar uma vaga para a Libertadores.

Assim como Londres, Paris, Brasília, Bogotá e outras cidades espalhadas pelo mundo, Natal resolveu mostrar a sua solidariedade.

O acidente matou 75 pessoas, incluindo comissão técnica, jogadores e integrantes da diretoria do clube. Além disso, empresários que patrocinavam o Chapecoense, jornalistas e políticos que acompanhariam o jogo também foram mortos.

Dois jogadores e um jornalista estão internados na Colômbia em estado grave.

Ficou conhecido como a maior tragédia do futebol brasileiro e também da imprensa nacional, visto que 21 jornalistas foram mortos.

Os locais iluminados foram: Pórtico dos Reis Magos – que fica na BR-101, Viaduto da Avenida Prudente de Morais e a Ponte Newton Navarro, que liga os bairros da zona Sul com a zona Norte.

A Prefeitura do Natal realizou uma postagem no Facebook sobre o assunto, que pode ser conferida a seguir:

Dicas para brechar e fugir do Carnatal

Nesta quinta-feira (1) começa o Carnatal e o jingle da micareta já está em nossas cabeças:

https://www.youtube.com/watch?v=6xF7Kg8kNnw

Mas tem gente que não gosta de axé e outros ritmos que compõe a Micareta. O que fazer? Ir ao show do Black Sabbath? Listamos cinco eventos para aqueles que querem fugir.

El Rock – Carnarock

15253475_628760377311892_7621257353741944172_n

Desde que era Hell’s, o El Rock criara eventos para os roqueiros fugirem do Carnal. Até cobri um para o blog Aqui Tem Som. Neste ano não vai ser diferente e todos os dias de Carnatal, menos no domingo, haverá diversos shows de rock para os natalenses anti-micareta. Vai ter shows do Alamoana, Joseph Little Drop, Talude, Hotel Dolores e dentre outras bandas.

Saiba mais por aqui.

baile funk do mc priguissa

81679

O MC Priguissa é bastante famoso nas noites natalenses e na sexta-feira de Carnatal, 2 de dezembro, ele vai fazer um baile funk, cuja entrada é 10 reais. Aonde vai ser? No Ateliê Bar, que fica na Rua Chile, na Ribeira.

Caosnatal

14632988_964184087019587_3010468648654373362_n

O CaosNatal é um festival de rock, punk e heavy metal que acontece anualmente e sempre no período de Carnatal. Neste ano as atrações são as bandas Born To Freedom, N.T.E., Rotten Flies, Atrito Urbano, Psicomancia e Cocílio de Trento. O evento acontecerá no Dosol, na Rua Chile, no bairro da Ribeira.

Heavy Metal no Whiskritório

bestheavymetalmovies_7110970909

Prefere um rock mais pesado? Quer participar de uma roda de poga? Haverá um evento nesta sexta-feira (4) dedicado apenas aos amantes do heavy metal. Haverá shows das bandas Comando Etílico, Terrorzone, Sanctifier & GAS. Mas, se você não gosta nada disso, outros dias de carnaval (quinta e o sábado) terá outros eventos no Whiskritório com shows de rock nacional e muita música eletrônica. Veja aqui.

Enigma Hall

15232263_1839536669625232_6963588966954969198_n

O sábado de Carnatal é um período que várias ruas de Natal estão interditadas e a festa para os micareteiros começa bem cedo. Mas, o Enigma Hall, que fica na mesma rua que o Taverna Pub, terá um evento dedicado aos fugitivos do carnaval fora de época. Venha para o pop com Rafael Del’Agnese, Victor Breno e as drags Kaya Conky, Jaiara Fontes, Minerva Del Diablo e Potyguara Bardo. Também terá perfomance de America Bracchi e Iracema Chakra. Sem contar que haverá rodadas de jellyshots, cachaça free e promoções. Veja mais neste link.

Punk no Wesley’s

15192586_1130892447025222_8181152005617943252_n

Domingo é dia de Carnatal, ainda. Mas não para os punks, que vão curtir no Wesley’s Bar, na Praça Ecológica de Ponta Negra. A banda Mondo Bizarro vai tocar o melhor do Ramones e depois haverá o RDPeido, que executará um dos álbuns do Ratos de Porão. Mais detalhes do evento aqui.

Halleluya

halleluya_rio

O festival acontece todos os dias de Carnatal e é voltado para o público católico. O evento acontecerá no Anfiteatro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), a partir das 18 horas, e a entrada é franca. Até o momento, mais de três mil pessoas foram confirmadas. Os artistas confirmados estão Rosa de Saron, Davidson Silva, Tony Allysson, Adoração e Vida, Adriana Arydes, Cosme e o grupo Missionário Shalom.

Ainda recomendamos peças

Sancho Pança

unnamed-1

A peça “Sancho Pança – O fiel escudeiro” já passou pelo festival O Mundo Inteiro é um Palco, Casa da Ribeira e a praia de Pirangi do Norte. Mas, durante os dias de Carnatal, a Tropa Trupe (RN) apresenta na no TECESol – Neópolis (03 e 04/12 às 18h). O palhaço Piruá está internado em um manicômio por jurar ser Sancho Pança, o fiel escudeiro de Dom Quixote de La Mancha. Essa estranha afirmação se torna mais estranha quando Piruá afirma que Dom Quixote virá resgatá-lo.

A peça também faz parte das atividades de celebração dos 10 anos da Tropa Trupe e do novo ciclo de projetos do grupo, que dá vazão a criatividade e a demanda artística de cada integrante. Mais informações na página facebook.com/tropatrupe.

De onde vem e para onde vai Cida?

15220068_1291002550970501_3985198908388478113_n

Haverá sessões na quinta e sexta, 1 e 2 de dezembro. A peça fala sobre a epidemia da AIDS, que a sigla para doença em português se chama SIDA. Por que a doença ainda é o tabu? Montagem independente dos artistas Franco Fonseca (que também assina a direção do espetáculo), Matheus Gianinni e Naara Martins. Peça faz parte das atividades de fim de ano da Casa da Ribeira.

Confira o teaser a seguir:

Outros eventos para fugir do Carnatal

Titá Marques no Mormaço: https://www.facebook.com/events/227996504289875/
Mostra de Mulheres Criando: https://www.facebook.com/events/1214899371900100/

Novembro azul é só uma campanha contra câncer de próstata?

Está enganado, meu amigo. Estamos encerrando novembro. Na questão de saúde foi o período do Novembro Azul, no qual foram realizadas diversas campanhas para os homens se prevenirem contra o câncer de próstata. Entretanto, o 11º mês do ano não é voltado apenas para prevenir este tipo de doença, mas também foi realizado campanhas contra a diabetes.

O símbolo do novembro azul dos diabéticos é o círculo azul. No mundo todo, o mês de novembro é marcado todos os anos por uma série de atividades em prol do diabetes. A Campanha do Dia Mundial do Diabetes é liderada pela IDF e suas associações-membro.

No Brasil, é organizada pela Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) e apoiada pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) e outras entidades e associações relacionadas ao diabetes.

O dia 14 de novembro era conhecido como o “Dia Mundial do Diabetes”, dia este definido pela Federação Internacional de Diabetes e Organização Mundial da Saúde como 14 de novembro, desde 1991. Além disso, a escolha da mesma cor, o azul, chama a atenção e preocupa devido à possibilidade de ofuscar o alerta para o diabetes, que já atinge mais de 400 milhões de pessoas no mundo, causando mais de 5 milhões de mortes anuais.

Muita gente morre sem saber que era diabético.

Já o câncer de próstata, por sua vez, é o segundo tipo de câncer que mais mata homens no Brasil.

Mas, por que escolheram novembro para lembrar da saúde masculina? Em diversos países, durante esse mês, acontece o “Movember”. Trata-se de um movimento de alerta para a Saúde Masculina (Câncer de Próstata, Câncer de Testículo, Saúde Mental e Sedentarismo).

O Movember surgiu na Austrália, em 2003, aproveitando as comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, realizado a 17 de novembro.

Diferente da campanha por conscientização sobre o diabetes, os apoiadores do “Movember” deixam bigode durante todo o mês de novembro e praticam atividades físicas diárias. Alguns portadores de diabetes, utilizaram o Movember para conscientizar a doença. Uma forma de unir forças contra as duas doenças.

Já o Novembro Azul foi criado no Brasil pelo Instituto Lado a Lado Pela Vida no ano de 2008. Em 2014, o Instituto realizou ações em todo o Brasil, com a iluminação de pontos turísticos, adesão de celebridades, além de palestras informativas, intervenções em eventos populares e pedágios nas estradas.

Apesar do apoio de várias entidades não governamentais, o movimento, em especial no seu aspecto relacionado ao câncer de próstata é repudiado por algumas instituições políticas voltadas para saúde.

Assim, novembro fica azul, mas o azul de novembro no Brasil engloba três campanhas:

– Diabetes – a campanha é mundial e o símbolo é o círculo azul,

– Câncer de próstata – esta campanha em novembro é nacional e usa a cor azul,

– Saúde do homem – a campanha é mundial e o símbolo é o bigode.