Grafiteiro francês, morando em Natal, faz exposição

A arte do grafite está cada vez crescendo mais em Natal e um dos artistas que gosta de expandir esta arte é o francês Kendo, no qual realizará uma exposição que começará nesta quinta-feira (12) em Natal, a partir das 18 horas, mais precisamente na escola Aliança Francesa, intitulada de “PalavrArte”.

A intenção do artista é mostrar uma exposição cuja essência é a letra, base do movimento Grafite no Mundo. Reforçando o tradicional traço, na mela-mela com as suas pesquisas sobre o espaço, o universo, e as festas naturais das cores, como também Kendo mostrará dessa vez uma obra repleta de profundidade, cuja cada letra se transformará na abstração do quadro.

O artista Kendo, atualmente, mora em Natal
O artista Kendo, atualmente, mora em Natal

Kendo é o nome de Octave Unglik, que nasceu na cidade francesa em Paris, mas o seu trabalho começou quando estudou na Universidade de Bordeaux. Ele mora no Brasil há 10 anos e pinta muros coloridos num urbanismo muitas vezes sombrio. O seu trabalho é de insuflar, numa pintura festiva, formas dinâmicas e redondas, uma brisa de vida e de poesia.

Sua primeira parada foi à São Paulo, onde participou de vários eventos, como o lançamento do livro “São Paulo Grafite” e participou junto com o grafiteiro Bonga do programa educativo da Central Única das Favelas -CUFA, realizado nas favelas de Cuiabá, no Mato Grosso.

1445270734 (2)

Em 2009, idealizou o Evento “O encontro”, durante o Ano da França no Brasil em Brasilia, que contou com a presença de artistas franceses e brasileiros: uma proposta global, artística e social, cuja essência foi a arte urbana, pintando os 25 mil metros quadrados do Centro Cultural Renato Russo e realizando uma exposição geral.

Depois de passar um tempo em Brasília, onde fez vários trabalhos na capital federal, ele se muda para a capital do Rio Grande do Norte. Falando sobre a nossa cidade, um dos trabalhos conhecidos do artista foi feito em parceria com o potiguar Pok.

Eles criaram um painel no Presépio de Natal, no bairro de Candelária, onde as pessoas se reúnem no local para fazer manobras de patins e skate.

Além de Natal, o artista já expôs os seus trabalhos artísticos em Portugal, Nova York, Montreal e dentre outras cidades. No mês de março, ele foi um dos participantes do Graffite Expo Natal, no qual vários trabalhos dos grafiteiros foram expostos na Capitania das Artes, no bairro de Cidade Alta.

Veja os trabalhos do artista mais neste vídeo:

Loja promove evento de aniversário do Pokémon

Pokémon fez parte da sua infância? Sabia o nome de todos os 150 da primeira fase? Comprou o VHS da batalha do Mew x Mewtwo? Sim, o desenho fez parte da infância e adolescência daqueles que viveram os anos 90 e 2000 de forma intensa e neste ano a série completa 20 anos e uma loja, a Magic Games, dentro do shopping Cidade Jardim, vai realizar um evento neste domingo (15), às 15 horas, que promete reunir os fãs de diversos cantos da cidade.

Dentro do evento vai ter um museu Pokémon, jogos e campeonatos relacionados à turma do Pikachu. Haverá os seguintes torneios:

Super Smash Bros (Wii U)
Pokémon OR/AS (3ds)
Pokkén Tournament (Wii U)
TCG (Boardgames)

As são inscrições limitadas e gratuitas até o dia 12 de maio pelo link: https://doity.com.br/pokemon-day. E tem prêmios que vão desde vale prêmios da loja até cartas da coleção de cards do Pokémon. Além disso, este link possui mais informações sobre o evento.

tumblr_mr3k9cBrTb1sxl7y7o1_500

Sobre Pokémon

A série foi criada por Satoshi Taijiri e é centrada em criaturas ficcionais, no qual os seres humanos capturam e os treinam para lutarem um contra o outro como um esporte. Tajiri teve a ideia de Pokémon por volta de 1989 ou 1990, quando o Game Boy foi lançado.

O conceito do universo Pokémon foi inspirado no passatempo do diretor executivo Satoshi Tajiri de colecionar insetos quando era criança.  Na maioria dos jogos, um Treinador que encontra um Pokémon selvagem é capaz de capturá-lo através de um objeto esférico chamado Pokébola. Se o Pokémon não escapar da Pokébola, ele é considerado oficialmente do Treinador.

O nome é uma abreviação da palavra Pocket Monsters.  A franquia começou com um par de jogos lançados para o Game Boy original, desenvolvidos pela Game Freak e publicados pela Nintendo (nunca tive um Game Boy =/).

Atualmente, a franquia se estende em jogos, cartas colecionáveis, série de televisão, além de filmes, mangás e brinquedos. É a segunda franquia de mídia de jogos mais bem sucedida e lucrativa do mundo, atrás da franquia de Mario que também pertence a Nintendo.

Até 2013, a franquia de Pokémon acumulou o equivalente a US$40.98 bilhões.