Carteira de identidade é encontrada por Tico Santa Cruz após show em Natal

Na última sexta-feira (18) aconteceu a Spotted Fest,  desenvolvida pela página Spotted UFRN, conhecida por narrar fatos engraçados que rolam por dentro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). As festas acontecem duas vezes ao ano para comemorar o fim do semestre letivo. Neste semestre, a celebração aconteceu novamente na Arena das Dunas, estádio de futebol construído para realização dos jogos da Copa do Mundo.

A atração principal do evento era a banda carioca Detonautas Roque Clube, liderada pelo vocalista Tico Santa Cruz, conhecido pelo seu engajamento político.

Relatos nas redes sociais mostram que a festa aconteceu de tudo, principalmente alguns jovens tiveram os seus pertences roubados por terceiros ou sumidos de uma forma estranha. Porém, o fato que mais chamou atenção foi uma carteira de identidade que foi perdida.

Uma pessoa tinha encontrado um RG e teve a brilhante ideia de jogar no palco durante a apresentação do show do Detonautas, achando que poderia arrumar alguma solução. E conseguiu!

O cantor Tico Santa Cruz encontrou a carteira e tirou uma foto. Então, publicou, na tarde desta segunda-feira (21), uma mensagem nas redes sociais mostrando a parte da frente da identidade, com a assinatura do dono, e disse que estava procurando o garoto. Se ele se identificasse, o cantor mandaria a carteira de volta para o dono pelos correios. Após vários compartilhamentos, a carteira finalmente acharam o dono.

image

A mensagem causou certas polêmicas nas redes sociais, uma vez que ficaram tirando sarro do garoto que perdeu a identidade, outros criticando a atitude do cantor alegando que isto estava causando um constrangimento e outros elogiando o comportamento de Santa Cruz.

Após cinco horas que a postagem foi divulgada, garoto se identificou em um dos comentários da foto e disse que o seu celular e a carteira de identidade foram roubados no meio da apresentação.

image

O jovem, chamado Lyvertton Skinner, agradeceu ao Tico Santa Cruz e chegou a responder alguns comentários maldosos de pessoas dentro da página do cantor.

Em sua página pessoal, o jovem postou esta seguinte mensagem:

image

O que rolou no Yujô Gamer?

Neste fim de semana foi dia do Yujô Gamer, no Centro de Convenções de Natal, que reunia os amantes de cultura pop com aqueles amantes dos games ou pensa em ser um desenvolvedor. O ambiente foi dividido em vários espaços bem definidos e sinalizados. Dois pavilhões do centro foram dedicados para o evento.

Havia espaço quem quisesse jogar cartas, tabuleiro e role-playing game (RPG). Podia escolher os conhecidos ou as novidades. Se não soubesse as regras, os instrutores estavam presentes para orientar. Havia um museu de videogames, que falaremos em um dos próximos posts, fliperama, disputas de jogos de console (antigos e novos) e computador. Além de campeonato de esportes eletrônicos, algo que está crescendo a cada dia.

yujo 2015 (42)

Um outro espaço que podia ser visitado é o K-Pop, destinado para aqueles que gostam do melhor pop coreano. Lá era possível ver clipes ou participar de brincadeiras. Também rolou um concurso de dança usando como base as canções deste gênero musical.

Ainda também tinha o espaço para as competições de cosplay, nome que vem de duas palavras inglesas, ‘costume’ (fantasia) e ‘play’ (interpretar). Portanto, quer dizer “atuar com a fantasia”. É o momento em que as pessoas vão ser, por um dia, o personagem que desejam. Alguns optaram só andar assim ou irem ao campeonato, no qual havia duas categorias: desfile e tradicional, no qual tinha que fazer uma performance interpretando o personagem.

yujo 2015 (49)

O espaço foi destinado para receber os convidados, como os dubladores de empresas de jogos, e também palestras para ajudar no desenvolvimento de jogos. Além disso, havia uma mostra de produções de jogos feitas pelos desenvolvedores do Rio Grande do Norte.

Assim como no ano passado, o Yujô foi finalizado com a presença de uma orquestra. Foram tocadas canções de jogos por artistas da música erudita. O Yujô existe desde 2009, a primeira sede foi na Escola Estadual Walfredo Gurgel, no bairro de Candelária. Esta é a segunda edição destinada aos fãs de jogos (Yujô Gamer).

Confira as fotos a seguir:

Esta é a primeira rua da cidade do Natal, conhece?

Os próximos dois dias, vamos falar um pouquinho da história da cidade do Natal. No próximo dia 25 de dezembro, a cidade está completamendo 416 anos de fundação. A capital potiguar por fundada em 1599. A cidade possuía em 1614 apenas 12 casas. O desenvolvimento começou no século XVIII. As primeiras construções foram a Igreja Matriz, a Casa de Câmara e a cadeia. Então, qual foi a primeira rua?

Registros mostram que a primeira via da cidade foi a Rua da Conceição, que foi fundada no ano de 1808. A rua ainda existe com este mesmo nome e fica próxima de casas e os principais museus da cidade.

Natal RN

Os principais prédios da rua são o Museu Café Filho, Instituto Histórico e Geográfico (IHG) e a Casa Colonial, que é a antiga sede do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico (Iphan).

Até o ano de 1700, existiam em Natal apenas duas ruas: a da Cadeia e aquela que era chamada O Caminho do Rio de Beber Água, hoje representado pelas ruas Santo Antônio (onde fica a Igreja do Galo) e Conceição. Esse caminho como os primeiros povos chamavam é hoje onde fica o canal do Baldo.

Registro de concessão de terras, de 6 de agosto de 1791, refere-se à rua da Conceição atual, àquela época descrita como a “rua direita, que vai por detrás da matriz”. Em 1808 apareceu, pela primeira vez, a denominação da rua da Conceição, conforme documentação relativa a uma doação de terras, concedida pelo Senado da Câmara do Natal, em 14 de junho de 1808, a Antônia Rita.

Em data anterior a 1791, a atual rua da Conceição constituía-se apenas das cercas que limitavam os fundos dos terrenos, cujas frentes estavam voltadas para a rua da Igreja matriz.

IGH fica próximo da Rua Conceição
IGH fica próximo da Rua Conceição

A rua sofreu várias modificações com o passar dos anos, principalmente com a construção do Palácio Potengi, antiga sede do Governo do Estado, e da Praça 7 de setembro, inaugurada em 1910.

O prédio também sofreu outra mutilação, perdeu outro quarteirão constituído de valioso casario colonial, para dar lugar ao imponente e moderno prédio da Assembléia Legislativa. Em recente restauração, a rua perdeu a sua principal característica, que era a ligação entre as ruas da Conceição e de Santo Antônio.  O trecho foi fechado com o objetivo de ampliação da praça Padre João Maria.