Coisas que acontecem no shopping no final do ano

1) Estacionamentos lotados

O período natalino nos shoppings é quase um desafio do programa Passa ou Repassa. O motorista, podemos denominar melhor desafiante, tem a missão de procurar a vaga mais perto da loja desejada em um curto período de tempo, pois tem uma fila de carros esperando para entrar dentro do estabelecimento. Caso a sua missão falhe, este vai ter que parar no canto mais distante possível.

2) Mudanças de horários

image

É neste período que os shoppings começam a trabalhar em horários alternativos. Alguns chegam a fechar somente à meia-noite. De um lado é aliviante, pois os vendedores não vão te expulsar quando estiver próximo das 22 horas.

3) Decoração natalina

image

A decoração natalina é algo bastante disputado entre os shoppings concorrentes. Um quer ficar mais bonito que o outro, mais divertido, mais encantador, mais feliz e dentre outras coisas. Mal acaba o mês de outubro e os estabelecimentos já tem uma árvore de Natal gigante na parte central do prédio, próximo ao banco do papai noel.

4) Tirar foto com o papai noel

image

O fim de ano é o período que tem mais criança dentro do shopping. Não, elas não querem ir ao parquinho ou ficar na loja de brinquedos procurando a boneca ou carrinho novo. Eles querem mesmo é tirar foto com o papai noel. São filas quilométricas para tirar foto com o bom velhinho e caso não consiga, a assistente serve como o prêmio de consolação.

5) Atrações de natal

Junto com a decoração natalina, os shoppings criam um tema para cada evento de ano. Já teve pista de patinação de gelo, trenzinho que dava volta sobre a árvore de Natal, tirar fotos com personagens da Turma da Mônica ou Alice do País das Maravilhas. Assim como essas crianças, eu já fui uma que se divertiu bastante com as atrações, conforme essas fotos a seguir:

A gente tem uma Miami Beach

No meio da Via Costeira e o início do bairro de Areia Preta tem a Praia de Miami, no qual também é denominada de praia de Areia Preta (apesar de muitos natalenses a chamarem pelo primeiro nome citado) e é bastante frequentada pelos surfistas da cidade por causa das ondas gigantes e do mar um pouco mais agitado que Ponta Negra. O nome é Areia Preta por conta da areia da praia ser mais escura que as outras praias urbanas existentes na capital do Rio Grande do Norte.

Apesar de ser bastante conhecida, a mesma não é tão badalada quanto a Praia do Meio e de Ponta Negra, tem poucas barracas de praias, é mais tranquilo e de fácil acesso, podendo chegá-la ou na ladeira do sol ou na Via Costeira.

Esta recebeu este nome na época que os americanos instalaram lá a base militar durante a Segunda Guerra Mundial, no qual os hábitos da cidade mudaram completamente.  A praia também é bastante frequentada por moradores de Mãe Luiza, bairro periférico da cidade, onde eles descem as escadas de acesso à Avenida Sylvio Pedroza, principal do bairro de Areia Preta.

É um dos sete pontos da “Área Especial de Interesse Turístico” do litoral e onde estão localizados prédios luxuosos. Devido ao esgoto à céu aberto, muitos consideram esta praia imprópria para banho, no qual já foi noticiado várias vezes nos principais jornais da cidade, onde alguns surfistas já realizaram alguns protestos pedindo à Prefeitura tomar alguma atitude sobre o assunto.

Na Areia Preta de onde dá para ver o Farol de Mãe Luíza, localizado no Parque das Dunas.  O local também é conhecido pelo monumento do relógio do sol, que fica na parte principal da praia, onde os raios solares formam os ponteiros e o banhista pode ver as horas nessa seguinte forma.

Conhece o Rogério x Jesus? Veja este muro

Quando vi esta imagem na rua próximo da minha casa, fiquei pensando: “Esta galera é criativa demais”.  Depois, andando por Capim Macio e Ponta Negra, eu vi mais muros pintado com mensagens religiosas. Porém, não estas não eram comuns. Elas pareciam um confronto entre um ser humano e Deus. Descobri, então, que isto fazia parte da série “Rogério x Jesus”.

Os muros tinham uma lista de frases como:

“Os espíritos passam de séculos em séculos enganando a humanidade. Jesus é um”

“Jesus come o cu das pessoas com o sexo espiritual”

“Os espíritos correm atrás de mim”

“Se a mentira for perfeita, não me engana”

“Jesus é enganador”

11036668_1692839124293302_3370108144824613212_n

Os cristãos devem ficar de cabelo em pé quando andam na BR-101 e pelas ruas da zona Sul, como San Vale, Cidade Satélite, Ponta Negra e Capim Macio, e parte de Parnamirim, mais precisamente nas avenidas Maria Lacerda Montenegro e Abel Cabral.  Ainda tem alguns na zona Norte. Ficava rindo com estas frases, porque sabia que era zoeira e queria causar um desconforto.

Um belo dia, um amigo meu me mostra a fanpage Rogério x Jesus, no qual mostra fotos de alguns natalenses que viram essas frases doidas. Então, eu descobri que estas frases pintadas no muro, com um português bem errado tinha uma longa história por trás.

Trata da história de um rapaz chamado Rogério, alguns falam que é zoeira e outros dizem que este homem realmente existe.  Reza a lenda que ele é um pintor de parede em confronto com a religião.  Não são pintados por tinta em spray, mas por aquelas que usam para decorar as paredes da casa.

12289667_1693439294233285_7932577339785035301_n

Portanto, cada muro conta uma história deste confronto do pintor de paredes com a religião. Ou seja, é uma série que pode ser vista na rua e com poucos recursos.

Algumas fotos poderão ser conferidas a seguir: